Apontamentos e reflexões sobre temas históricos do passado ao presente...

04
Out 12

Estreia hoje o filme "Linhas de Wellington", sobre a 3.ª invasão francesa a Portugal.

Consultar aqui uma sebenta/guião de exploração do filme, elaborada com a colaboração da Associação de Professores de História.

Ver trailer no youtube.

publicado por Conceição Janeiro às 15:20

01
Ago 12

A Guerra Peninsular, também conhecida em Portugal como as Invasões Francesas e em Espanha como Guerra da Independência Espanhola, sucedeu no início do século XIX, entre 1807 e 1814 na Península Ibérica, inserindo-se nas chamadas Guerras Napoleónicas. A princípio, envolveu Espanha e França, de um lado; Portugal e Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda, do outro. Porém, a guerra teve repercussões além da Europa, influindo na independência das colónias da América Latina. Sob o comando do General Junot, as tropas francesas entram na Espanha a 18 de Outubro de 1807, tendo atingido a fronteira portuguesa a 20 de Novembro. A 30 do mesmo mês, chegam a Lisboa. A Família Real e a corte portuguesa haviam fugido, no dia anterior, para o Brasil, a bordo de uma esquadra naval, protegida por naus britânicas, e levando consigo cerca de 15 mil pessoas, deixando o governo do território europeu de Portugal nas mãos de uma regência, com instruções para não resistir aos invasores. Ficava, assim, vazio de conteúdo o decreto de Napoleão dando como banida a Casa de Bragança do trono de Portugal. A 1 de Agosto de 1808, com o desembarque de tropas britânicas na Figueira da Foz, comandadas do Duque de Wellington e a sua posterior junção às forças de Bernardino Freire, comandante do exército português em Montemor-o-Velho, tem início a guerra Peninsular.

publicado por Conceição Janeiro às 09:48

20
Abr 12

Vê  a apresentação sobre os antecedentes da Revolução Liberal Portuguesa clicando na imagem.

 

publicado por Conceição Janeiro às 20:57

17
Abr 12

Vê a apresentação e o vídeo com a recriação da batalha do Buçaco.

publicado por Conceição Janeiro às 16:45

01
Mar 12

Frases relacionadas com a ocupação francesa entraram no dia-a-dia do cidadão português.

Eis algumas:

 

Viver à grande e à francesa

Vida de luxo e ostentação. Tem origem na forma luxuosa como Junot e os seus acompanhantes se passeavam pelas ruas de Lisboa.

 

Ficar a ver navios

Com o encargo de deter o príncipe regente D. João e a Corte portuguesa, Junot entrou em Portugal e em marcha forçada tentou chegar a Lisboa a tempo de prender D. João. Ficou a ver os navios a sair a barra do Tejo rumo ao Brasil.

 

Saída/adeus à francesa

Abandono de um local pela calada, de forma que poucos se apercebam.

 

Ir para o maneta

Apelido com que ficou conhecido o general francês Henri-Louis Loison que em 1806 perdera o braço esquerdo num acidente de caça, e que em Portugal foi encarregado de várias expedições punitivas sobre as populações, sobre as quais usou de grande violência.

publicado por Conceição Janeiro às 21:29

Outubro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Etiquetas

todas as tags

pesquisar
 
Ligações
mais sobre mim
blogs SAPO