Apontamentos e reflexões sobre temas históricos do passado ao presente...

09
Dez 14

Filme O Patriota (2000), de Roland Emmerich, com Mel Gibson e Chris Cooper.

Retrata a guerra de independência das 13 colónias britânicas da América do Norte contra a metrópole, a Grã-Bretanha, o que levou à formação dos EUA, em 1776.

publicado por Conceição Janeiro às 09:51

14
Jul 14
publicado por Conceição Janeiro às 09:57

26
Jan 14

Alemanha, Segunda Guerra Mundial. O menino Bruno (Asa Butterfield), de 8 anos, é filho de um oficial nazi (David Tewlis) que assume um cargo importante num campo de concentração. Sem saber realmente o que o pai faz, ele e a mãe(Vera Farmiga) deixam Berlim e mudam-se para uma área isolada, onde não há muito que fazer para uma criança da sua idade. Os problemas começam quando a criança decide explorar o local e conhece Shmuel (Jack Scanlon), um menino que usava um pijama às riscas e estava sempre do outro lado de uma cerca eletrificada. A amizade cresce entre os dois e Bruno passa, cada vez mais, a visitá-lo, tornando-se essa relação cada vez mais perigosa ....

O filme está disponível (por enquanto) no Youtube.

publicado por Conceição Janeiro às 11:27

09
Jul 13

O Filme "A oeste nada de novo" ou "Sem novidades no front", do realizador Delbert Mann, é baseado na obra homónima de Erich Maria Remarque "A oeste nada de novo" e descreve o horror passado pelos soldados na frente ocidental durante a 1.ª guerra mundial.

Sinopse do filme:

Paul Baumer é um jovem alemão que, juntamente com colegas de turma do último ano do liceu, se alista no Exército Imperial Alemão durante a I Guerra Mundial. Achando que a guerra iria ser uma grande aventura, Paul e os amigos descobrem exactamente o oposto à medida que a guerra se arrasta e que, um a um, os seus colegas de turma vão morrendo em combate.


publicado por Conceição Janeiro às 16:16

19
Jun 13

O eixo Roma-Berlim.

Com Sofia Loren e Marcelo Mastroiani.

 

publicado por Conceição Janeiro às 16:35

26
Abr 13
publicado por Conceição Janeiro às 15:01

13
Nov 12
Nota: Selecionar em Captions as legendas em português.


O filme "América, anos 30" baseia-se na história do musical "The Cradle Will Rock", escrito por Marc Blitzstein, em 1937. O filme retrata os anos da Grande Depressão nos EUA, marcada pelas falências de empresas, o desemprego, as geves e as manifestações.Mas, ao mesmo tempo, em Nova Iorque fervilha uma revolução cultural sem precedentes.

publicado por Conceição Janeiro às 11:29

04
Out 12

Estreia hoje o filme "Linhas de Wellington", sobre a 3.ª invasão francesa a Portugal.

Consultar aqui uma sebenta/guião de exploração do filme, elaborada com a colaboração da Associação de Professores de História.

Ver trailer no youtube.

publicado por Conceição Janeiro às 15:20

05
Jul 12




publicado por Conceição Janeiro às 11:55

 Ficha Técnica:

Adeus, Meninos
Direcção: Louis Malle
Ano: 1987
País: França, Alemanha Ocidental
Género: Drama
Duração: 103 minutos / cor
Título Original: Au Revoir les Enfants
Roteiro: Louis Malle
Produção: Louis Malle
Música: Franz Schubert e Camille Saint-Saens
Direcção de Fotografia: Renato Berta
Desenho de Produção: Willy Holt
Direcção de Arte: Willy Holt
Figurino: Corinne Jorry
Edição: Emmanuelle Castro
Estúdio: Stella Films / MK2 Productions / NEF Filmproduktion / Nouvelles Éditions de Films
Distribuição: Orion Classics
Elenco: Gaspard Manesse, Raphael Fejto, Francine Racette, Stanislas Carré de Malberg, Philippe Morier-Genoud, François Berléand, François Négret, Peter Fitz, Pascal Rivet, Benoît Henriet, Richard Lebouef, Xavier Legrand, Irène Jacob.
Ver o filme no Youtube (clicar em Traduzir e escolher português par a ativar as legendas).


Transcrevemos a interessante análise do filme ADEUS, MENINOS, AU REVOIR LES ENFANTS, disponível em

http://virtualia.blogs.sapo.pt/35794.html

O cinema na sala de aula

A reconstituição do passado através do filme histórico constitui um excelente recurso para o conhecimento e compreensão de um determinado período ou facto histórico, pois permite viver por dentro o ambiente de uma época, o dia-a-dia das populações e o seu quotidiano, os seus problemas, as suas preocupações culturais e religiosas.

Há momentos da história em que a força bruta, a crueldade opressiva, o preconceito e a insensatez dos homens vingam sobre a humanidade, gerando guerras sangrentas e de efeitos irreversíveis.

Adeus, Meninos (Au Revoir les Enfants), escrito, produzido e dirigido por Louis Malle, é um filme que com sensibilidade expressiva, mostra um desses momentos negros da história, a Segunda Guerra Mundial.

Filme de 1987, Adeus, Meninos é o retrato de uma França ocupada pelos nazis, dividida entre os que resistiam à ocupação e os que a aceitavam passivamente, até colaborando com os invasores, delatando e denunciando vizinhos, amigos e patriotas.
No meio do preconceito gerado pela insanidade nazi, esteve a perseguição e o extermínio do povo judeu. O filme de Louis Malle traz uma história delineada em factos reais, vividos pelo director aos 12 anos, quando ele estudava num colégio carmelita perto de Fontainebleau. Traz a Segunda Guerra Mundial como pano de fundo, mas o cenário é um colégio católico, internato de crianças ricas francesas. A amizade de Julien Quentin (Gaspard Manesse) e Jean Bonnet (Raphael Fejto), o primeiro, um menino cristão de família rica, o segundo um menino judeu refugiado no colégio para fugir à perseguição nazi, comove pela sua ingenuidade juvenil, sincera diante de tempos de preconceito e obscuridade. O perigo é iminente, mas a amizade de ambos suaviza o fantasma devastador da guerra. Mesmo diante da tragédia que se instalará a qualquer momento, há tempo para a descoberta da amizade, da adolescência que assim como os nazis, está à porta, da intelectualidade da vida, das diferenças culturais e, principalmente, do grande amor fraterno que une as pessoas em momentos de penúria e perigo. Mesmo diante de uma temática com um fim pungente, Louis Malle constrói uma história forte e lírica, com uma sensibilidade ímpar e delicada, sem em momento algum se prostrar diante do melodrama, sem recorrer ao sentimentalismo óbvio, fazendo do filme um dos melhores da década de 1980, e um dos melhores do cinema francês de todos os tempos.
publicado por Conceição Janeiro às 11:01

02
Jul 12

"La prise de pouvoir par Louis XIV" é o título do filme aqui traduzido (incorretamente) por "O Absolutismo - A Ascensão de Luís XIV" é uma superprodução histórica de Roberto Rossellini sobre a ascensão ao poder do "Rei Sol", Luís XIV (1643-1715), o maior monarca absolutista de França.
Com a morte do Cardeal Mazarino, que controlava os assuntos de Estado, o Rei Luís XIV decide que reinará sozinho, encarregando-se pessoalmente das relações com a nobreza e o clero. Inicia-se assim o período do Absolutismo.
O filme reconstitui de forma bastante fidedigna a França dos séculos XVII-XVIII, mostrando episódios históricos,  como a reconstrução do palácio de Versalhes e o luxo da corte régia.

publicado por Conceição Janeiro às 10:33

30
Mai 12

Costa de Cuba, 1839. Dezenas de escravos negros libertam-se das correntes e assumem o comando do navio negreiro La Amistad. Eles sonham regressar a África, mas desconhecem como navegar e são obrigados a confiar em dois tripulantes sobreviventes, que os enganam e fazem com que, após dois meses, sejam capturados por um navio americano, navegando até à costa de Connecticut. Os africanos são inicialmente julgados pelo assassinato da tripulação, mas o caso toma vulto e o presidente americano Martin Van Buren (Nigel Hawthorn), que sonha ser reeleito, tenta a condenação dos escravos, pois agradaria aos estados do sul (negreiros) e também fortaleceria os laços com a Espanha, pois a jovem Rainha Isabel II (Anna Paquin) alega que tanto os escravos como o navio são propriedade sua e devem ser devolvidos. Contudo, os abolicionistas vencem, mas o governo apela e a causa chega ao Congresso americano. É então que se destaca a figura do ex-presidente John Quincy Adams (Anthony Hopkins), um abolicionista não-assumido, já aposentado, na defesa do direito dos africanos à liberdade.

publicado por Conceição Janeiro às 20:21

Outubro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Etiquetas

todas as tags

pesquisar
 
Ligações
mais sobre mim
blogs SAPO