Apontamentos e reflexões sobre temas históricos do passado ao presente...

30
Mai 12

Costa de Cuba, 1839. Dezenas de escravos negros libertam-se das correntes e assumem o comando do navio negreiro La Amistad. Eles sonham regressar a África, mas desconhecem como navegar e são obrigados a confiar em dois tripulantes sobreviventes, que os enganam e fazem com que, após dois meses, sejam capturados por um navio americano, navegando até à costa de Connecticut. Os africanos são inicialmente julgados pelo assassinato da tripulação, mas o caso toma vulto e o presidente americano Martin Van Buren (Nigel Hawthorn), que sonha ser reeleito, tenta a condenação dos escravos, pois agradaria aos estados do sul (negreiros) e também fortaleceria os laços com a Espanha, pois a jovem Rainha Isabel II (Anna Paquin) alega que tanto os escravos como o navio são propriedade sua e devem ser devolvidos. Contudo, os abolicionistas vencem, mas o governo apela e a causa chega ao Congresso americano. É então que se destaca a figura do ex-presidente John Quincy Adams (Anthony Hopkins), um abolicionista não-assumido, já aposentado, na defesa do direito dos africanos à liberdade.

publicado por Conceição Janeiro às 20:21

Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
23
24
25

27
28
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Etiquetas

todas as tags

pesquisar
 
Ligações
mais sobre mim
blogs SAPO